Já faz alguns anos que na Inglaterra se descobriu que motoristas profissionais tinham mais propensão a contrair alguma doença relacionada a Legionella. Pesquisadores da Grécia publicaram recentemente um artigo em que tentaram investigar possíveis pontos de contaminação e realizaram análise de cultura e molecular para Legionella ssp. em filtros de ar condicionado de veículos automotivos.